Ah, o profissional de letras!

O profissional de letras não se limita a ser um só. Ele é professor, revisor, editor, tradutor, contador de histórias, escritor, redator e por aí vai.

, 21 de maio de 2014

Dia 21 de maio é comemorado o dia do profissional de letras. Por isso, neste texto, quero fazer uma pequena homenagem a esses profissionais ainda tão incompreendidos pela sociedade. 

Siga-me também no Instagram! :)

Quem, afinal, é o profissional de letras

Dia do profissional de letras

O profissional de letras é apaixonado pela linguagem. Estuda fonologia, morfologia e sintaxe. E semântica, pragmática, etimologia (aaah, as aulas de latim...), enfim.

Ele lê. Lê de tudo.

Porque, ainda que não escolha ser especificamente profissional de literatura, o beletrista adora histórias atemporais, daquelas que são lidas muito mais de uma vez na vida. Alguns também se especializam em contar essas histórias.

O profissional de letras não é um dicionário ambulante, mas certamente saberá indicar um se você precisar. O mesmo para gramáticas. O mesmo para romances. Para livros em geral — melhor dizendo.

Há o profissional de letras que gosta mais de estudar línguas estrangeiras. Há aquele cuja maior paixão é o vernáculo.

Ele usa palavras estranhas como "vernáculo", "léxico"... e expressões como "sob a égide", por exemplo. De vez em quando, "escapar-se-á" até uma mesóclise. Entretanto, não é de propósito. É, na verdade, mais forte do que ele. Juro!

Esse pessoal das letras pode até viver com a cara enterrada nos livros, mas também gosta de prestar atenção no modo como as pessoas falam, escrevem, se expressam. Afinal, somos grandes curiosos da linguagem humana como um todo: da norma-padrão à variação ou do literário ao técnico.

Portanto, como você pode ver, o profissional de letras não se limita a ser um só. Ele é professor, revisor, editor, tradutor, contador de histórias, escritor, redator e por aí vai.

Por fim, desejo a todos um excelente dia e uma carreira recheada de conquistas, realizações, reconhecimento e alegria. Parabéns, colegas!


Quer saber mais sobre a carreira em revisão de textos? Leia o Manual de Sobrevivência do Revisor Iniciante!


Escrito por Carol Machado,
em 21 de maio de 2014.
Mestra em Ciências da Linguagem na Universidade Nova de Lisboa. Graduada em Letras pela PUCRS. Revisora desde 2008. Autora do Manual de Sobrevivência do Revisor Iniciante. :)
Foto de Carol Machado