Regra do hífen: prefixo "co-"

O prefixo "co-" um tanto incomum e, por isso mesmo, gerador de muitas dúvidas em relação à regra do hífen aplicada a ele.

, 23 de novembro de 2012

Se virem, por aí, as palavras coconstroem e conarram, não se assustem. Pessoalmente, achei-as pavorozinhas, mas, como são brindes do Novo Acordo Ortográfico, fazer o quê? ;)

Regra do hífen para "co-"

O prefixo "co-", agora, justapõe-se a todos os termos, exceto aos iniciados por "h", caso em que se usa o hífen.

Tal regra causou algumas confusões, sobre, por exemplo, a grafia de "coabitar", que é consagrada.  Há  resistência a transformá-la em "co-habitar". Isso teve apoio no próprio texto do Acordo, o qual estabelece que

o "h" inicial se suprime "quando, por composição, passa a interior e o elemento em que figura se aglutina ao precedente.

Outros prefixos com uma regra de hifenização parecida

Exemplos dessa situação com outros tipos de prefixos temos em: desarmonia, desumano, inábil, lobisomem, reabilitar, reaver e, o mais recente, presente no próprio Volp, que é o termo "coerdeiro".

Pesquisem no Volp e confiram: apesar da nova regra, não há uma palavra com co+hífen+h. Que coisa, não?


Escrito por Janice Souza,
em 23 de novembro de 2012.
Foto de Janice Souza