Dia da língua portuguesa | 5 de maio

Escolher a língua como ferramenta de trabalho é uma escolha sem volta. Uma vez conquistado por semântica, sintática e pragmática, não é possível deixar de amar.

, 5 de maio de 2013

Escolher a língua como ferramenta de trabalho é uma escolha sem volta. Uma vez conquistado por semântica, sintática e pragmática, não é possível deixar de amar.

Dia da língua Portuguesa

Para quem lapida frases, estrofes ou parágrafos, a relação com a língua  tem de ser muito íntima. Não nos veja como “os chatos”, “os perfeitos”. Ainda que alguns de nós façam por merecer essas denominações, a maioria apenas gostaria de ver o objeto de sua lida ser tratado com respeito.

Toda forma de comunicação é bela em sua origem. Cada uma tem o seu espaço e é necessária de acordo com a ocasião, acreditem.

“Quem fala uma língua sabe muito mais do que aprendeu”, já dizia Chomsky. E enfatizou Luft. Essa é a beleza.

Hoje é dia da Língua Portuguesa. Para nós, é todo dia. Por isso, uma homenagem singela. Por isso, o nosso eterno agradecimento por tudo que ela nos propicia. Agradecemos por poder declarar o nosso sentimento a quem amamos e por poder ensinar o que sabemos.

 

5 de maio. Dia da Língua Portuguesa.

Inculta ou culta, sempre bela.

___________________________________________________________

Post escrito por mim e pela Janice.


Escrito por Carol Machado,
em 5 de maio de 2013.
Mestranda em Ciências da Linguagem na Universidade Nova de Lisboa. Graduada em Letras pela PUCRS. Revisora desde 2008. Autora do Manual de Sobrevivência do Revisor Iniciante. :)
Foto de Carol Machado