Particípios duplos: como e quando utilizar?

Existem alguns verbos cuja forma de particípio varia entre formas regulares e irregulares. Entenda como e quando utilizar cada uma.

, 21 de janeiro de 2013

Existem alguns verbos que possuem mais de uma forma de particípio, por exemplo:
  • Acender: aceso, acendido
  • Completar: completo, completado
  • Expulsar: expulso, expulsado
  • Submergir: submerso, submergido
  • Suspender: suspenso, suspendido

Mas quando utilizar um e outro?

particípios duplos

Logo, nota-se que com os verbos ter/haver nós utilizamos o particípio regular (terminado em -ado/ -ido) e com os verbos ser/estar utilizamos as formas irregulares.

Observa-se, entretanto, uma forte tendência pela utilização do particípio irregular com os quatro verbos comentados, sendo assim:

  • Nós teríamos ganho a partida.
  • Ele tinha gasto o tempo inutilmente.
  • Tínhamos pago tudo o que devíamos.

 


Escrito por Carol Machado,
em 21 de janeiro de 2013.
Mestra em Ciências da Linguagem na Universidade Nova de Lisboa. Graduada em Letras pela PUCRS. Revisora desde 2008. É autora do Manual de Sobrevivência do Revisor Iniciante e coautora do Revisão de Textos Acadêmicos - boas práticas para revisoras, estudantes e a academia.
Foto de Carol Machado