Livros para revisores: Dicionários

Nesta série de posts de livros para revisores, descrevemos e analisamos obras que podem ser de grande ajuda no seu dia a dia.

, 1 de dezembro de 2015

Por mais que dicionários sejam livros que, por natureza, já nascem datados, eles são sempre indispensáveis para os revisores por razões um tanto diferentes daquelas do consulente comum.

Enquanto o consulente comum quer apenas saber “o significado” de uma palavra, o revisor muitas vezes consulta dicionários (sempre no plural) para confrontar descrições, grafias e usos e chegar a um resultado mais apropriado; isso quando não é necessário saber a classe de uma dada palavra, sua ortoépia, variantes e sinônimos, regência, locuções, homônimos e até mesmo a etimologia.

Aos poucos os dicionários estão se tornando mais interativos e trazendo ótimas novidades. Vejamos alguns deles.

Dicionário Houaiss

Seja a versão impressa, online ou o aplicativo no computador (CD), com certeza é o dicionário unânime entre revisores e preparadores de texto. O Houaiss tem muitas qualidades, mas talvez o destaque fique para a seção “Gramática”, que traz ótimas observações sobre alguns verbetes.

A versão online traz o excelente recurso “Noção de composição”, que permite a criação de neologismos com alguns termos. A dica geral é: explore, explore e explore mais, pois você sempre vai encontrar algum recurso que será de grande ajuda no seu trabalho.

dicionário Houaiss eletrônico

Outra dica, especialmente para revisores e redatores iniciantes, é adquirir a versão em CD, mais em conta, com apenas uma ressalva: o CD-Rom de algumas versões pode não ser compatível com alguns sistemas operacionais. Entretanto, já instalei com sucesso a versão 2009 do CD-Rom em versões 64 bits do Windows 7, 8 e 10; mas, de qualquer forma, confira antes a compatibilidade do seu computador.

Você pode adquirir a versão completa do dicionário Houaiss clicando aqui.
E adquirir a versão míni do dicionário Houaiss clicando aqui.

Dicionário Aurélio

O grande concorrente do Houaiss é também um queridinho entre revisores. Geralmente usado como complemento ao Houaiss, pode ser confrontado com este para que você possa dirimir dúvidas e fazer melhores escolhas em diversas situações; e a briga entre ambos é boa.

O Aurélio de modo geral roda de forma mais rápida que a versão 2009 do Houaiss e traz um recurso muito interessante: a função “Inserir Nota” (visível no canto superior direito, ao lado do botão de impressão). Outra função (essa também presente no Houaiss) é a pesquisa avançada, que permite a busca com os filtros “Palavras iniciadas por”, “Palavras terminadas por” e “Procurar no texto do verbete”.

dicionário aurélio eletrônico_com destaque

Ponto negativo: alguns usuários relatam que o aplicativo do Aurélio exige que o CD de instalação sempre (ou algumas vezes) seja inserido para que o programa possa ser usado.

Você pode adquirir a versão completa do dicionário Aurélio clicando aqui.
E adquirir a versão míni do dicionário Aurélio clicando aqui.

Dicionário Aulete

O portal do Aulete é talvez o melhor exemplo de como é possível integrar um bom dicionário a outros recursos da língua de forma gratuita. É por esse motivo que talvez este, e não o Aurélio, seja o concorrente do Houaiss.

Desde o lançamento da versão online, em 2008, o portal cresceu e trouxe ótimas novidades. A “Gramática básica do português contemporâneo”, uma versão interativa e mais objetiva da “Nova gramática da língua portuguesa”, do Celso Cunha, é uma delas. Além desse recurso, há também o Dicionário Analógico, que já foi recomendado pela Carol.

O portal ainda promete trazer mais novidades, como um dicionário etimológico da língua portuguesa e um dicionário de locuções, ambos muito necessários. Vamos aguardar.

Dicionário Michaelis

O Michaelis está de casa nova, com um ótimo visual, e pode ser acessado exclusivamente em michaelis.com.br, o que o torna um ótimo concorrente do Aulete. O destaque fica por conta da seção “Noções gramaticais”, que pode ser de grande ajuda.

Dicionário Priberam

Outro bom dicionário online é o Priberam. Apesar de ser principalmente um dicionário de português europeu, ele permite consultas usando o português brasileiro e a busca com ou sem alterações do novo Acordo Ortográfico. Para isso, clique na roda dentada ao lado da lupa na caixa de pesquisa e confira as definições da pesquisa.

Se você busca um dicionário gratuito que possa ser usado offline, experimente também a seção de downloads.

Vale também a menção de que a Flip oferece, como o Aulete, uma gramática bem objetiva online.  Além de um conjugador de verbos.

Dicionários Porto Editora

Outro dicionário português de referência é o da Porto Editora. Pode ser muito útil para pesquisas em português de Portugal, com ou sem alterações do novo Acordo Ortográfico, mas o destaque do portal fica para os dicionários de outras línguas, do inglês ao neerlandês, além dos aplicativos para diversas plataformas.

Dicionários de regência verbal e nominal (Luft)

Embora existam outros dicionários de regência menos conhecidos, os dicionários de regência verbal e nominal do Celso Luft são unânimes entre revisores e entram também na lista de obras imprescindíveis para quem atua na área.

dicionários de regência Celso Pedro Luft

Para livros que são vistos muitas vezes apenas como “obras de consulta”, o valor pode parecer um pouco salgado, mas o investimento vale a pena. Dê atenção a um detalhe: alguns revisores já relataram que a 5ª edição, 29ª impressão do Dicionário de Regência Nominal traz algumas páginas com problemas de impressão (páginas 291 e 315). A edição que tenho (5ª edição, 4ª impressão, 2014) não apresenta esses problemas.

Você pode clicar nos seguintes links para adquirir os dicionários de regência nominal e de regência verbal.


Você usa mais algum dicionário que ficou de fora dessa lista? Compartilhe conosco nos comentários. :)


Escrito por Allan Moraes,
em 1 de dezembro de 2015.
Paulistano, divide o tempo entre tentar aprender línguas, livros de filosofia e o trabalho como revisor freelancer.
Foto de Allan Moraes