Algumas atividades específicas, como o trabalho de revisor de textos, exigem bastante concentração. É claro que há pessoas (sortudas!) com mais facilidade para manter o foco enquanto trabalham.

Mas também não dá para negar que às vezes o ruído atrapalha até mesmo quem consegue magicamente criar um mundo paralelo onde existem apenas elas, seus computadores e nada mais. Já que provavelmente você não faz parte desse seleto grupo – como a maioria dos mortais –, neste post vamos falar sobre como driblar o barulho indesejado durante o trabalho!

Nem só de maravilhas é feita a vida de quem trabalha em casa. É verdade que fazer home office tem lá as suas vantagens, tipo trabalhar de pijama e não ter ninguém controlando sua eficiência diária. Porém (ah, porém!) trabalhar no aconchego doméstico, assim como tudo na vida, tem outro lado, afinal sua casa pode não ser o ambiente de trabalho ideal, não é mesmo?

É provável que você tenha pensado em organizar um home office bacana, com cadeira confortável, mesa na altura certa, luminosidade necessária… Mas talvez não tenha levado em conta os rumores da rua, o ronco do ônibus que arranca no semáforo, o choro do filho do vizinho, o barulho da obra do prédio ao lado, a música alta do apartamento em frente, e por aí vai.

Chega de ruído: saiba como driblar o barulho indesejado

Se você trabalha em casa e o ambiente não está silencioso como deveria, existem algumas formas de tentar amenizar ou acabar com o barulho. As soluções variam de acordo com a intensidade e os tipos de ruídos. As opções também dependem do problema em si: se for um rumor temporário, como a reforma no apartamento ao lado, uma medida paliativa pode resolver; mas se a rua é barulhenta demais, se tem sempre alguém conversando alto por perto ou se você escuta todos os passos do vizinho, será necessária uma resolução mais drástica. Veja a nossa que preparamos baseada na colaboração de vocês em nossa fanpage e saiba como driblar o barulho!

Fones: música para os ouvidos

fones de ouvido

Esta vale para quem consegue trabalhar com música ou “som ambiente”. O ideal é escolher algo que não faça você querer cantar, mas também que não o deixe com sono. Você pode tentar ouvir jazz ou música clássica instrumental, como sugeriu a Daniela Bittencourt na nossa página do Facebook. Se ainda assim for impossível se focar, tente escutar músicas específicas para concentração (no YouTube) ou utilize apps como o Calm (dica do Rodrigo Sánchez).

Além de encontrar a música que funcione para você, preste atenção na hora de escolher o modelo de fone. Aqueles mais simples dificilmente vão dar conta se o barulho for muito intenso. Nesse caso, vale a pena gastar um pouco mais num fone com isolamento acústico. A Carol Carter tem um da marca JVC e diz que valeu cada centavo!

Protetores auriculares: os bons e velhos tampões

tampões de ouvido

Para quem não consegue de jeito nenhum trabalhar ouvindo música, a solução pode estar nos protetores auriculares. Existem vários modelos no mercado, desde tampões de espuma, silicone e cera até materiais modernos e diferentes. Estes protetores indicados pelo Cesar Sarkis Guludjian são feitos de alumínio ou titânio e prometem bloquear completamente os ruídos externos.

Antes de escolher o seu protetor auricular, verifique qual é a “faixa de redução de ruído” oferecida pelo produto (sim, isso existe!). Normalmente, os tampões de qualidade estão na faixa entre 29 a 33 dbs.

Abafador de ruído profissional: agora eu quero ver!

abafadores de som em formato de concha

Se o ruído for MUITO intenso, certamente não vai ter como driblar o barulho indesejado com os tampões. Você vai ter que apelar para algo mais “profissional”: tipo os protetores que os operadores de máquinas usam, sabe?

Os abafadores de ruído profissionais tipo concha são os mais utilizados. De acordo com o Mário Serra, que comentou no Facebook, ele mora em uma região muito rumorosa, e o abafador funciona muito bem para cancelar o barulho da rua. No entanto, esse tipo de equipamento tem uma desvantagem: ele nem sempre é confortável e pode causar dor de cabeça. Por outro lado, o Mário afirmou que no início achou meio apertado, mas depois se acostumou.

Isolamento acústico: investimento no seu ambiente de trabalho

Esta é uma medida bem drástica e serve para quem tem problemas permanentes com ruídos externos até mesmo no dia a dia doméstico. Se o barulho está incomodando demais, mas você pretende continuar trabalhando em casa, a solução pode ser isolar o ambiente do escritório. Se o barulho vem da rua, colocar vidros duplos nas janelas parece ser uma boa ideia. Foi o que fez o Leonardo Vieira, que mencionou o valor salgado, mas disse também que não se arrepende.

… mandei instalar janela acústica.
O valor foi salgadinho, mas ficou perfeito! Não me arrependo.
(Leonardo Vieira)

Se o problema não for só a rua, existe a opção de investir numa porta com isolamento acústico. Se o barulho vier do apartamento de cima, é possível instalar forro acústico sob a laje. Outras alternativas para isolar a casa do barulho é preencher as paredes com revestimentos especiais. É claro que tudo isso é bem carinho, então, vale o investimento se for realmente necessário.

 

Quando a solução é trabalhar fora do home office

Se você não sabe como driblar o barulho indesejado, mas tem prazos para cumprir e não está conseguindo trabalhar em casa, uma boa solução pode ser colocar o notebook na mochila e sair. Você pode trabalhar fora de casa somente nos dias em que o ruído está incomodando mais ou pode tentar encontrar soluções para realmente mudar seu local de trabalho.

Vá trabalhar num café

trabalhar num café

Cafés podem não ser o ambiente mais silencioso do mundo para trabalhar, mas com certeza têm menos ruídos do que faz uma betoneira (!). Escolha um café tranquilo ou aproveite para ir a um local que você gosta. Trabalhar em cafés de vez em quando pode ser bom até para quebrar um pouco a rotina do home office.

Combine de trabalhar na casa de alguém

trabalhar na casa dos amigos

Você tem amigos ou amigas que também fazem home office? Então, por que vocês não combinam de trabalhar juntos de vez em quando – principalmente quando o barulho na sua casa está incomodando demais? Assim você resolve o seu problema e ainda encontra seus amigos com mais frequência.

Procure um coworking

coworking brasil

Os ambientes de coworking são feitos justamente para quem não tem um local de trabalho, mas não quer/gosta/pode trabalhar em casa. Atualmente existem vários tipos de coworking e nem todos exigem o pagamento de uma mensalidade. Trabalhar com outras pessoas pode ser uma ótima forma de fazer contatos e conseguir uns trabalhinhos a mais! Há muitas opções em diversas cidades do Brasil.

A dica é procurar os da sua cidade no site Coworking Brasil.

Não trabalhe com barulho!

O barulho tem efeitos indiretos que vão além da dificuldade de concentração momentânea. O mais óbvio está relacionado à produtividade, mas a exposição ao ruído também pode causar irritabilidade.

Em razão disso, procure resolver o problema em vez de se “acostumar” com o barulho. Afinal, é importante que o trabalho seja algo agradável e que não influencie negativamente na sua qualidade de vida, né?

Conheça a autora

Jaqueline CrestaniJaqueline Crestani — Jornalista com mestrado em Semiótica na Itália, trabalha como redatora freelancer e também com tradução de italiano. Tem experiência em produção e edição de conteúdo para sites e blogs, escrevendo sobre intercâmbio, turismo, economia, saúde e outros temas. Depois de morar mais de três anos no país da “bella vita”, descobriu que, além de escrever, também ama traduzir e cozinhar.